Em 2003 surgiu a vontade de um grupo de pessoas de estruturar uma ação artístico-cultural de trocas de ideias. Este seria o início da Beatos, formalizada em 2008, uma associação sem fins lucrativos localizada no Cariri cearense. A organização atua na preservação, melhoria e reavivamento das tradições populares dos povos e do meio ambiente.

 A ONG Beatos é um espaço coletivo que tem como objetivo fortalecer e promover os saberes de tradição oral, a troca de ideias e a pesquisa, defendendo os direitos humanos, econômicos, sociais, culturais, ambientais e simbólicos.

Teresa Cristina Oliveira, presidente da organização, enfatiza a importância da coletividade nas ações da Beatos: “Temos uma proposta em arte e cultura, patrimônio e educação voltada para o desenvolvimento e potencial humano e sociabilização das pessoas, construído a partir do sentimento de coletividade e comunhão. São ações promovidas em bases do pensamento de Beatos como Ibiapina, José Lourenço e Padre Cícero, onde no cerne desse pensamento estava fundamentado o sonho de uma civilização e construção de um mundo melhor“. 

A Beatos atua na articulação de projetos e propostas na região do Cariri, como o Programa de Fortalecimento do Centro de Referência de Cultura para Sustentabilidade da Região do Cariri Cearense, promovendo o envolvimento, o compromisso e a participação das comunidades caririense no manejo do uso humano da natureza. 

A organização também mantém a Casa Museu, uma construção tradicional que abriga o Memorial da Tradição Popular, o Mini Memorial do Boi Mansinho e outros espaços de permacultura para realização das artes e da cultura. Teresa ressalta que “o impacto do nosso trabalho é visto nas ações de difusão e fomento da arte e da cultura da região do Cariri. Muitas coisas mudaram, mas o desejo de se manter firme em seus propósitos continua”.

Arte Urgente

Para Teresa, “o Arte Urgente surge como ação colaborativa, na medida em que nos coloca presente e atuantes em sua proposta, onde ideais se cruzam para transformar nossa maneira de viver a vida em meio ao caos”. A ONG Beatos é a sede do Ateliê de Criação em Cultura Popular, ação do Arte Urgente. O Ateliê contará com cursos de formação artística e técnica para jovens talentos da região do Cariri, resultando em uma montagem inédita criada em conjunto com os alunos.

O Arte Urgente, por meio da Lei Aldir Blanc, vem como uma ferramenta de apoio para profissionais das áreas de Arte e Cultura. Teresa enfatiza a importância de ações como esta: “Traçar caminhos capazes de oferecer formas que possam dar conta da carência e da desestruturação que a pandemia nos trouxe, se faz como alento para ampliarmos o acesso verdadeiramente democrático para todas as pessoas envolvidas no projeto, sobretudo as que estão em estados de vulnerabilidade”

Ela ainda completa: “São momentos de grande importância para reflexões, transposição de sofrimentos, reformulação de conceitos e oportunidades para superar a crise em que estamos“.

O Ateliê possui 10 vagas para formação artística e 20 para cada curso técnico, sendo estes técnicas de sonorização, figurino, iluminação cênica, cenografia e produção. Todos os alunos, tanto da formação artística como também da técnica, receberão bolsa ao longo do curso. Além disso, a ação servirá como uma fonte de renda também para os ministrantes.

Contato

Email: [email protected]

Endereço: Av. Historiador Raimundo Girão, 366 / Praia de Iracema – Fortaleza-CE

© Copyright 2021 Arte Urgente. Todos os Direitos Reservados.