Turma 3 - Inscrições 12/04 a 16/04

Arte Urgente

NEM TODOS SÃO IGUAIS DIANTE DA FOTOGRAFIA

MARCELO BARBALHO

Carga Horária: 20h
Período: 19 a 30/04 segunda a sexta feira
Horário: 10h30 às 12h30
Número de Vagas: 20
Classificação: a partir de 16 anos
Modalidade: online

Ementa

A proposta deste curso, de caráter artístico-pedagógico, é enfatizar a diversidade de leituras possibilitadas pela imagem fotográfica. Ao abordar o caráter polifônico da fotografia, a ideia é chamar atenção, entre outros fatores, para a necessidade de desconfiar cada vez mais dos discursos que circulam na mídia a partir das imagens – notadamente nos dias de hoje quando “fake news” são reproduzidas em grande número pelas redes sociais. Uma mesma foto pode ser usada em contextos diferentes, com significados diferentes. Pois a fotografia, irrefutável como evidência, mas fraca em significado, ganha das palavras um significado, segundo John Berger.

O aspecto polifônico da fotografia será discutido durante aulas online (com auxílio de textos de teóricos da imagem, entre eles John Berger) e também experimentado na prática pelos alunos. Com auxílio do professor, eles produzirão vídeos curtos onde imagens feitas por diferentes fotógrafos serão comentadas pelos próprios alunos. Cada aluno realizará um vídeo, num total de vinte obras – número de participantes deste curso.
Cada aluno também receberá do professor, via e-mail, uma foto feita por um fotógrafo profissional, amador, célebre ou anônimo. O aluno não receberá nenhuma informação sobre autoria, local, data ou o que a imagem representa. Com a tecnologia de captação de som que tiver à disposição (telefone celular ou pequeno gravador digital, por exemplo), ele gravará seu próprio comentário sobre a fotografia e o encaminhará ao professor. Caberá ao professor fazer a montagem dos arquivos de áudio e imagem para transformá-los em pequenos vídeos, que terão duração média de um minuto.

A estrutura de cada vídeo será sempre a mesma: uma fotografia, exibida sem nenhuma informação sobre autoria, local, data ou o que representa, sendo comentada por um aluno, em voz-off. Os autores da fotografia e do comentário serão identificados apenas no final do vídeo. A expectativa é que despontem narrativas íntimas e espontâneas a partir do que o aluno vê, pensa e sente a respeito da imagem. Esta proposta é, portanto, norteada por dois eixos que se complementam: a discussão de textos e a produção de vídeos que possam estimular o aluno a criar suas próprias histórias a partir de uma fotografia, sendo levado a perceber que a imagem pode não tratar de uma única realidade, mas de vários mundos fictícios.

Minibio

Marcelo Barbalho é professor e fotógrafo, interessado no documentarismo e na mistura da fotografia com outras linguagens, entre elas a do cinema. Estudou fotografia (1999) e cinema (2016) na Casa Amarela Eusélio Oliveira, em Fortaleza. Ministrou atividades de arte-educação e participou de exposições coletivas de fotografia. É doutor em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO-UFRJ).

Inscreva-se

Inscrições Encerradas.

Contato

Email: [email protected]

Endereço: Av. Historiador Raimundo Girão, 366 / Praia de Iracema – Fortaleza-CE

© Copyright 2021 Arte Urgente. Todos os Direitos Reservados.